H1 news #1
 

 

Spotlight_960x540

Destaque da Comunidade - DatWut

19/07/2019 04:03

Ei, DatWut, quer ser apresentar?

Olá. Eu me chamo Alexander Schulz, mas prefiro que me chamem de Alex. Tenho 26 anos e sou da Alemanha.

Tenho jogado The Crew ativamente desde o começo de janeiro de 2016, depois que comprei o jogo com todos os DLCs (Passe de Temporada/Pacotes de Carros + Wild Run) em uma oferta.

Qual foi sua primeira experiência com The Crew?

A minha primeira experiência foi a versão de teste de The Crew 1, que eu experimentei em outubro de 2015. Eu recém tinha comprado um PC e queria experimentar jogos mais novos que o anterior não conseguia rodar. Aí, me deparei com The Crew no Steam e decidi experimentar porque gosto de jogos de corrida desde pequeno. Pode-se dizer que eu cresci jogando esses jogos. Durante a versão de teste que eu joguei, fiquei meio "É, acho que é um jogo ok. Vou comprar quando estiver em promoção", mas nunca pensei que fosse me envolver tanto quanto estou agora. Tipo, eu achei que fosse terminar a história, comprar uns carros legais para personalizar, dirigir por um tempo e provavelmente mudar de jogo. Eu não dava muita bola para o aspecto multijogador na época. Até porque eu não sabia que The Crew era um jogo de corrida multijogador sempre online (é nisso que dá comprar jogos às cegas e jogar sem ter nem lido nada sobre o que eles oferecem). Como eu não sabia muito sobre o jogo e não entendia o sistema de tunagem direito na época, fiquei mudando de carros no começo e falhando nas missões. Mas aí, jogando com um amigo de vez em quando, aprendi com ele a passar pelas missões que davam trabalho. Ele também explicou algumas coisas sobre o jogo, como o sistema de Privilégios. Quanto mais eu fui jogando, mais fui viciando. Estava quase terminando a história quando entendi o sistema de tunagem e como ele funcionava. Acho que é aí que posso dizer que a minha jornada começou de verdade.

Completei a história, participei da primeira Summit em Janeiro e resolvi que queria mais. Continuei jogando para comprar os carros que queria ou precisava e subi cada um de nível manualmente (exceto pelos carros que eu não achava bonitos ou não gostava de manejar). Descobri a minha rota para teste de habilidade e completei com Ouro para ganhar um peça de ouro nível 45, em vez de ganhar apenas um empurrãozinho do sistema de mercadorias. Aumentar o nível dos meus carros manualmente deve ter estendido o meu tempo de jogo artificialmente, mas é no que dá gostar de um jogo, né?

Em resumo: a minha opinião sobre The Crew 1 foi de uma primeira impressão "É um jogo legal" para "Vou dedicar muito do meu tempo livre ao jogo" (o que eu fiz).

DatWut_2

Você é bem ativo na comunidade de TC, e alguns o reconhecem como um moderador dos nossos fóruns. Quando foi que você se juntou à comunidade?

As minhas primeiras interações com a comunidade foram nos fóruns alemães da Ubisoft em janeiro de 2016. Eu estava recebendo uma mensagem de erro quando tentava me conectar ao jogo. Peguei o código do erro, procurei no Google e fui parar nos fóruns, onde só participei em uma conversa aberta sobre o mesmo problema que eu estava tendo.

Mais tarde, no mesmo ano. a equipe alemã estava procurando por novos moderadores para o fórum. Mesmo não cumprindo todos os requisitos (eu estava nos fóruns há menos de um ano e não tinha tantas publicações assim), eu decidi me candidatar e terminei sendo aceito.

Em janeiro de 2017 eu também passei a ser moderador dos fóruns em inglês depois de perguntar a Ubi-Gaidheal se a equipe precisava de alguma ajuda.

A comunidade The Crew é bem grande e envolve várias plataformas diferentes nas redes sociais. Onde as pessoas podem encontrar você mais facilmente? Fóruns, Discord, Reddit, Facebook? Do que você mais gostou na comunidade?

Eu estou mais ativo nos fóruns (em alemão e inglês) e na comunidade no Discord. Também fico de olho em The Crew Social diariamente, mas não participo muito por lá.

Também podem me achar em transmissões oficiais (em Sessões de Jogo em GC, além de transmissões ao vivo de IVT).

DatWut_1

Você participou em uma oficina da comunidade com The Crew e foi convidado para o estúdio da Ubisoft em Paris para ver The Crew: Calling All Units antes de todo mundo. Como foi?

Foi uma experiência absolutamente incrível. Lembro que, uma noite, eu fui nos fóruns em inglês como sempre e vi que tinha recebido uma mensagem privada de Ubi-Gaidheal (que administrava a comunidade para The Crew na época). O título dizia "Encontro de fãs com os desenvolvedores" e, sei lá eu por quê, eu não me dei conta na hora do que isso queria dizer. Foi só quando eu li a mensagem que entendi para o que estava sendo convidado.

O evento foi uma experiência única para mim. Foi muito legal conhecer todos esses jogadores dedicados (como BlackLotusLV, que já apareceu em um Destaque da Comunidade anterior) e bater um papo, botar as mãos na nova expansão do jogo, conversar com os desenvolvedores e dar a minha opinião. O evento me deu a sensação de ter contribuído para algo maior e que a minha opinião nos fóruns não passou despercebida.

Com The Crew, você também teve a chance de visitar alguns eventos. Conte um pouco mais sobre eles.

Em 2017, eu fui convidado para a E3 como Jogador de Destaque de The Crew da Ubisoft, o que foi uma grande honra para mim. Antes disso, eu não fazia ideia do que era ser um Jogador de Destaque, nem tinha ouvido falar na verdade. Mas essa experiência é uma das melhores coisas que alguém na comunidade da Ubisoft pode imaginar. É um jeito da Ubisoft homenagear os membros ativos da comunidade, sejam streamers, YouTubers, artistas, pessoas que participam dos fóruns/redes sociais, etc., convidando para um evento de jogos (E3, Gamescom, Paris Games Week, etc.) e enchendo alguns dos dias com um roteiro intenso de atividades em torno do jogo que eles mais gostam.

Durante a minha experiência na E3, pude ver a conferência da Ubisoft e a apresentação de The Crew 2 ao vivo. Até fui entrevistado depois para dar a minha impressão de The Crew 2 com base no trailer. Partes da entrevista estão no canal oficial da Ubisoft no YouTube. Ser um Jogador de Destaque também significa botar a mão em novos jogos antes dos outros, falar com os desenvolvedores e dar opiniões para que ajustes possam ser feitos. Por exemplo, eu pude andar por Nova Iorque em modo livr com vários carros e motos, jogar eventos de Jetsprint, Street Race e Powerboat contra outros Jogadores de Destaque e, depois, conversar com os desenvolvedores para dar opiniões diretamente a eles e sugerir algumas coisas.

Um momento especial que eu lembro da sessão de jogo foi jogando com uma moto. Eu ficava tentando empinar, porque queria ver a animação e o movimento do piloto. O desenvolvedor que estava comigo disse para tentar um RL. No começo, eu não quis, mas aí aceitei e tentei. Eu virei para um lado sem querer enquanto a moto estava em pé na roda da frente e, para minha surpresa, consegui girar ela. Fiquei curioso para saber se era intencional, então tentei mais vezes até conseguir. Eu fiquei boquiaberto, porque isso não era possível em The Crew 1 (e ainda é possível no The Crew 2, mas só com as supermotos e as de motocross).

DatWut_3

Mais adiante, em 2017, eu recebi uma mensagem de um dos desenvolvedores da comunidade de The Crew 2 (Ubi-Gaidheal nunca me dá folga) perguntando se eu ia para a Gamescom. Eu disse que não tinha planos ainda, mas que estava interessado. Então, ele conseguiu um convite de visitante de negócios para mim. Eu pude explorar a Gamescom pela primeira vez, conhecer novos Jogadores de Destaque (conheci MindaugasXLTU, que era Jogador de Destaque para The Crew na época), pude falar com alguns dos desenvolvedores de novo e botar as mãos no The Crew 2 outra vez. Dessa vez, eu pude jogar Drift, Motocross e GP Alpha, e posso dizer que foi muito interessante ver o quanto o manejo dos veículos mudou entre a Gamescom e o lançamento, especialmente no GP Alpha.

Você joga no PC, certo? Conte para a gente como é a sua máquina?

Primeiro, eu preciso admitir que, mesmo jogando no PC, eu não sou um cara muito interessado em hardware. Eu comprei o meu PC já montado em outubro de 2015 depois de começar num trabalho novo. Ele tem uma NVIDIA GeForce GTX960 e um processador Intel i7-4790. E isso é basicamente tudo que lembro da configuração do meu PC.

Eu jogo com dois monitores e costumo ficar de olho no Discord na segunda tela enquanto jogo The Crew 2 com um controle de Xbox com fio para PC. Nem imagino como seja jogar um jogo de corrida com teclado e mouse hoje em dia.

Além de The Crew 2, quais são os seus passatempos?

Nada de mais. Eu gosto de mountain bike, ouvir música, sair com os amigos, conversar no Discord, ir na academia ou dar umas voltas de carro.

Qual é o seu carro dos sonhos? E por quê?

Essa é uma pergunta difícil. Eu gosto de vários carros por vários motivos. Por exemplo: o Corvette C7 ou o Mustang 2015. Os dois são visualmente interessantes e têm um som maravilhoso para mim. Também tem os brinquedos de corrida, como o KTM X-Bow e o Caterham R500, que têm aparência única e diferente dos outros carros mais "normais".

Mas tem um carro que eu prefiro acima de todos: a McLaren F1. Desde que eu vi no Need for Speed: High Stakes, me apaixonei pelo fato do piloto estar sentado no meio do carro. Sempre que um jogo me deixa usar a McLaren F1, eu uso. Em The Crew 1, foi o meu primeiro carro de performance. Em The Crew 2, é o carro que eu mais dirigi, com quase 12.000 km rodados.

Obrigado, DatWut! Foi um prazer ter você no nosso Destaque da Comunidade. Lembrem de dar uma olhada no Esta Semana no TC2 para saber de todas as novidades e eventos de The Crew 2. Nos vemos no asfalto!